Competência em Limpeza Urbana.

Notícias

Rio de Janeiro de olho em novas tecnologias para limpeza urbana.

image003 (1)

Os cariocas tiveram uma palhinha da nova tecnologia em lavagem de contêineres que pode estar em breve nas ruas do Rio de Janeiro. A Planalto Indústria fez uma demonstração dos resultados da máquina LVP 7000, nos bairros Leblon e Ipanema e Copacabana. Trata-se de um lançamento da Empresa, especializada em tecnologia de limpeza urbana, líder no segmento. Foram realizadas lavagens dos contêineres plásticos (DIN – EUROPEU) utilizados para armazenamento de lixo da orla carioca. O sistema apresentado já é consagrado na Europa, mas aqui tem o diferencial de ser uma tecnologia nacional, reduzindo valor de custos e de investimento.

O equipamento ainda é novidade na cidade do Rio de Janeiro, mas já foi utilizado e aprovado em cidades de São Paulo e do Rio Grande do Sul. O pioneirismo da Planalto está ganhando a confiança de importantes investidores. O ex-craque do Sport Club Internacional, de Porto alegre, Fernando Costa, o Fernandão, é um dos mais novos sócios da empresa. “Conheço a Planalto há 15 anos e, desde então, venho acompanhando o seu crescimento. Acredito nesse projeto e estou investindo na Empresa, para torná-la ainda mais forte”, diz o investidor. Fernando Costa, atualmente vice-presidente da Planalto, explica que o LVP 7000 é uma das grandes novidades para esse mercado.

LVP 7000

O equipamento LVP 7000 é um lançamento da Planalto que está inovando o mercado de limpeza urbana. Possui alta eficiência e tecnologia complementar para lavagem de contêineres plásticos DIN de 240, 360 e 1000L, e também é utilizado para lavagem de calçadas, monumentos e placas. Tem como base tecnologia nacional, mas com qualidade maior ou similar ao produto utilizado no exterior, mas com custos reduzidos, facilitando o acesso ao equipamento. Soma-se a isso as vantagens ecológicas dos processos utilizados, como a otimização do consumo de água, pois trabalha com alta pressão e baixa vazão. Elimina, ainda, a presença de bactérias e mantém a boa conservação da área, pois não deixa água suja e acumulada nas vias públicas. O procedimento mais comum na limpeza urbana atualmente é recolher os contêineres e levá-los a outra local para lavagem. Com esse novo sistema, é possível realizar essa manutenção nas vias urbanas mesmo, em apenas 30 segundos, de forma limpa e sem liberação de resíduos na rua.